Lendas da Deep Web: Bonecas sexuais humanas


O texto de hoje refere-se a uma dessas lendas da Deep Web,ou Dark Web como vocês preferirem. Trata-se das Bonecas sexuais humanas. Esse assunto faz parte de um grupo de lendas, tais como as lendas sobre os "Snuff movies". Muitas pessoas dizem que isso não existe, outros dizem que existe, mas que os envolvidos cobrem muito bem seus rastros. Enfim, não tenho intenção de provar que essas Bonecas sexuais humanas, ou que os Snuff movies sejam reais, com relação as bonecas tenho uma postura um pouco mais cética, mas eu não me espantaria se essas histórias fossem verdadeiras, afinal a mente humana é palco de cada coisa bizarra e absurda.

Segundo a lenda, as bonecas sexuais humanas são geralmente crianças entre 8 à 10 anos, compradas de famílias miseráveis, em países aonde a pobreza extrema atinge a maioria da população. Por centenas de dólares essas crianças são adquiridas pelos “Dolls Makers”.

Em seguida, acreditá-se que são levadas à centros cirúrgicos clandestinos e transformadas em bonecas vivas que não apresentem resistência às perversões sexuais dos seus donos. Seus braços e pernas, são amputados e substituídos por próteses de silicone. As cordas vocais são retiradas e os dentes arrancados, sendo substituídos por próteses de silicone ou borracha. A intenção é claramente transformar a vitima em uma boneca viva, incapaz de ferir o cruel comprador.

Todo procedimento só é iniciado após a “boneca” ter sido encomendada. O preço varia entre 40 mil dólares à 700 mil dólares, dependendo das exigências feitas. A boneca ainda viria com uma espécie de manual de instruções, dizendo como alimentá-la e realizar as demais necessidades básicas humanas para a sobrevivência, já que ela dependeria do dono para tudo a partir daí, no manual também constariam instruções para o "descarte da boneca", após o termino da sua "vida útil". A estimativa de vida seria reduzida há um ano após o inicio dos procedimentos cirúrgicos.

Nenhum órgão governamental conseguiu localizar a origem dos Dolls Makers. As informações são escassas e toda transações monetárias são via Bitcoins, tudo muito sigiloso, não deixando qualquer rastro. Sabe-se porém que não são um ou dois grupos e sim, dezenas deles oferecendo o serviço na DeepWeb.

O caso que ficou famoso na Surface das bonecas sexuais foi o da “Lolita Slave Toys”. Um membro anônimo do 4chan, que se auto intitulava hacker, publicou no fórum o print screen, o endereço da Onion e a forma de entrar nele. O site era apenas uma imagem, com um texto explicando o que era e como adquirir a sua “boneca”. Com o aumento significativo do número de visitas, o Dolls Maker chamado de Pussymonster, provavelmente notou que foi descoberto e limpou tudo que era rastro antes que qualquer detetive virtual chegasse ao seu paradeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário